Cultura Digital, Letramento Digital, Tecnologias e Educação

Programação

Usabilidade em sites

 

Imagem: Pixabay

O termo usabilidade é usado com referência a características de “deslocamento”/navegação de visitantes em sites e localização de funções, áreas e conteúdos do site. A visita em um site não deve exigir um manual.

Um site deve oferecer experiências de navegação fáceis, rápidas e objetivas. Em termos simples, o usuário não deve “quebrar a cabeça” para entender o site e chegar ao seu destino, localizando o conteúdo desejado ou a função a ser empregada. Hoje esta questão apresenta uma grande melhoria e a movimentação dentro do site é bastante simples. No entanto, nem sempre foi assim.

No início da década passada, era mais fácil se depara em um site em que se gastava muito tempo para encontrar a informação desejada, dando a impressão de que a navegação acontecia em círculos e acabávamos voltando para o mesmo lugar. Isto não era prestígio apenas de sites “amadores”.  Alguns sites de grandes empresas também apresentavam este problema.

Problemas de usabilidade também podem fazer parecer que algumas informações estão escondidas, seja por descuido ou por intenção.

As ferramentas de buscam ajudam a encontrar informações, mas o usuário deve conseguir entender a lógica de navegação do site sem esforço.

O tempo de permanência no site deve ser motivado por seus conteúdos e não consequência de uma navegação confusa ou redundante. Afinal, uma expressão comum em design precisa estar em mente: o conteúdo é rei!

Uma regra básica apontada por muitos designers e desenvolvedores é a chamada “regra” de 3 cliques. O visitante deve chegar ao conteúdo desejado em, no máximo, 3 cliques. Caso contrário, ele poderá:

a) ter dificuldades de encontrar o que deseja;

b) interromper a visita;

b) ficar desmotivado de voltar ao site.

Se por um lado há descuidados, há outros que investem e pesquisam bastante a usabilidade do site.